Pular para o conteúdo

Entenda se corretor de seguros pode ser MEI e como ser um corretor de seguros autônomo.

O modelo de trabalho MEI – Microempreendedor Individual abraça diversos prestadores de serviços que antes não eram regulamentados por lei.

Por se tratar de uma legislação bastante nova, ainda causa confusões do que pode o que não pode entrar nessa divisão. Bem como, quais os direitos de deveres de um corretor de seguros.

Acompanhe o texto para compreender as possibilidades de ser um corretor de seguros e microempreendedor. Boa leitura!

Corretor de seguros pode ser MEI?

Não, a informação de que corretor de seguros pode ser MEI está errada.

Isso porque a atividade não está incluída no rol de atividades permitidas por este sistema.

O Microempreendedor Individual (MEI) é alguém que trabalha por conta própria em atividades não regulamentadas por entidades de classe.

Neste grupo, estão inclusos artesão, cabeleireiro, eletricista, encanador, funileiro, motoboy, pedreiro, pintor, vendedor, entre muitos outros.

Há, inclusive, uma lista de tipos de profissionais, que pode ser consultada. Todas elas possuem o código de Classificação Nacional de Atividades Econômicas.

O CNAE é o que determina as atividades de uma empresa e é obrigatória a todas as pessoas jurídicas, inclusive autônomos e organizações sem fins lucrativos.

Além da profissão de corretor de seguros não cumprir as regras da atividade empresarial ou aparecer na lista de atividades liberadas pelo Governo nesta modalidade, há outros aspectos relevantes que impedem essa inclusão, como:

  • Possibilidade de faturamento muito maior que R$ 81 mil ano;
  • Registro de colaboradores muito rápido (e no MEI só é permitido 1 colaborador CLT); e
  • Existe a possibilidade de sociedade (e no MEI a empresa é de forma individual).

Como ser uma corretora de seguros?

Ainda que a função não seja possível para microempreendedores individuais, seus benefícios, como o alto ganho financeiro, são atrativos que fazem o cargo se destacar.

E mesmo que o profissional que queira abrir uma empresa não se enquadre dentro do registro MEI, os profissionais interessados podem formar uma ME ou Microempresa. O que possibilita a ele ter até um sócio, se desejar.

Neste caso, o recolhimento de impostos se dá por meio do Simples Nacional, que oferece uma série de benefícios ao contribuinte, o que não descarta a assessoria de um escritório de contabilidade para garantia do processo de abertura.

Muitos profissionais, todavia, acreditam que o processo de formalização de uma empresa de corretagem é longo e de alto custo, então optam pela atuação enquanto Pessoa Física (PF).

Como ser um corretor de seguros autônomo?

Embora pareça complexo de que maneira isso deva ser feito, ser um corretor de seguros bem-sucedido é possível.

E para isso basta, inicialmente, ser maior de 18 anos e ter ensino médio completo.

Depois, é preciso ser aprovado no Exame para Habilitação de Corretores de Seguros da Escola Nacional de Seguros. Após essa aprovação, é comum que se busque a certificação junto à Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

Por fim, é necessário se cadastrar junto a Prefeitura da cidade para depois começar a trabalhar. Entretanto, há corretoras, como a Fedrizzi, que oferecem alternativas a isso.

Aqui há treinamentos baseados na experiência da Seguradora, que atua há 40 anos nesse mercado, sem a necessidade de cursos específicos para iniciar ou mesmo o registro Susep.

Servidor público pode ser corretor de seguros?

De acordo com a Lei 4594/64 Art. 17 é vedado aos corretores exercer ou aceitar cargo de pessoa jurídica de direito público.

Ou seja, servidor público não pode ser corretor de seguros e vice-versa.

Advogado pode ser corretor de seguros?

Segundo o site da OAB-SP: “Nada obsta que o advogado exerça sua profissão concomitantemente com atividade de corretor de seguros, desde que inexistam as incompatibilidades previstas no artigo 28 do Estatuto da OAB ou os impedimentos contemplados no artigo 30 do mesmo diploma legal.”

Em outras palavras, nada impede que um advogado seja corretor de seguros e continue atuando na sua profissão.

Portanto, é permitido que um advogado seja corretor de seguros e inclusive, um franqueado da Fedrizzi Franquias.

Como ser um corretor de seguros bem-sucedido com a Fedrizzi Franquias?

Você renova contratos e adiciona novos negócios à carteira, tornando a sua rentabilidade cada vez maior.

A Fedrizzi Franquias é a oportunidade que faltava para você empreender com a segurança de uma empresa com mais de 40 anos de tradição.

Chame um dos nossos consultores agora mesmo!

Leia mais

Receba ofertas e conteúdos em primeira mão

Fique tranquilo. Não vamos lotar sua caixa de entrada!

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Entraremos em contato com você

Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Entraremos em contato com você

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.

Solicite sua cotação

Entraremos em contato para solicitar todos os dados necessários.

🔒 Seus dados estão seguros conosco.